COMO APLICAR O BUSINESS INTELLIGENCE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS

A tomada de decisões no mundo dos negócios é sempre algo importante e quase sempre difícil. Há muita informação para considerar, independentemente do segmento ou porte. Por isso tem crescido a importância do Business Intelligence para pequenas empresas.

O conceito de BI é relativamente recente, mas já tem ganhado muita força no mercado. Ele consiste em uma série de ferramentas e práticas com o objetivo de reunir dados e facilitar a tomada de decisões. E ao contrário do que se pode pensar, isso não é um privilégio de nenhuma grande empresa. Qualquer empreendedor pode tirar proveito desse método para ampliar seus negócios. Para compreender mais, continue a leitura.

DESAFIOS DA IMPLANTAÇÃO DE BI

Como qualquer novo recurso, inserir o Business Intelligence para pequenas empresas envolve certos desafios. Porém, não há motivo para se intimidar. Estar ciente dessas dificuldades iniciais ajudará você a estar preparado.

Veja três exemplos desses desafios:

1. FALTA DE PROFISSIONAIS ESPECIALIZADOS

Para que um sistema de BI seja corretamente instalado e mantido dentro de uma empresa, é necessário que haja uma equipe de TI bem estruturada e dedicada. Porém, nem sempre esse é o caso para pequenas e médias empresas. Mesmo que o provedor do serviço e das ferramentas possa assumir boa parte do trabalho técnico, ainda é necessário um responsável da sua própria organização para cuidar do funcionamento.

Em alguns casos, pode valer a pena terceirizar esse serviço, encontrando profissionais especializados rapidamente. Porém, é interessante construir uma equipe mais estruturada dentro do seu negócio ao longo do tempo.

2. EXCESSOS E FALTAS NA AQUISIÇÃO

Ao buscar soluções de Business Intelligence para pequenas empresas, muitas tendem a dar um passo maior do que a perna, ou dar passo nenhum. Os benefícios dessas ferramentas são realmente relevantes, mas eles só serão otimizados quando o serviço está de acordo com as demandas da empresa.

Antes de buscar por ferramentas, recursos e outros componentes, tente, primeiro, avaliar a demanda da sua empresa. Quantas ferramentas precisam ser integradas, quais recursos devem ser providenciados etc. Isso pode poupar muitos gastos desnecessários ao longo do tempo.

3. TEMPO DE IMPLEMENTAÇÃO PROLONGADO

As soluções de BI não começam a atuar da noite para o dia. É necessário que uma equipe técnica avalie sua estrutura, veja como integrar melhor as suas ferramentas de gestão, providencie os recursos necessários etc. Isso significa que o resultado pode levar um tempo para aparecer, dependendo do tamanho da sua necessidade.

BENEFÍCIOS DO BUSINESS INTELLIGENCE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS

1. MAIS SIMPLICIDADE E OBJETIVIDADE

Muitos sistemas de gestão de recursos se pautam na personalização e na adição regular de funcionalidades. Muitas empresas podem se beneficiar disso, mas a verdade é que os pequenos negócios podem ficar sobrecarregados com todas essas ferramentas, sem saber o que fazer com elas.

Nesse ponto, um sistema BI é mais interessante por ser mais simples, direto e prático. Com menos funcionalidades, é possível focar no desempenho e nos protocolos principais da empresa.

2. INTEGRAÇÃO DE DIFERENTES FONTES DE DADOS

Como já mencionamos, o Business Intelligence para pequenas empresas é uma metodologia de integração e análise de dados. Ao medir seus principais indicadores, também é importante que você coloque todos sob a mesma lente e compare-os. A correlação entre diferentes informações é um dos pontos mais importantes para a tomada de decisões dentro de qualquer negócio.

3. GERAÇÃO AUTOMÁTICA DE RELATÓRIOS

Automação é outro grande benefício desse método. Gerar relatórios diários é importante para analisar os dados, mas isso consome tempo e recursos desnecessariamente. Além disso, ao fazer uma migração de sistema, todos os dados também precisam ser convertidos. Um sistema BI, por outro lado, pode exibir todos os dados necessários sob demanda, criando relatórios instantâneos.

COMO FAZER A APLICAÇÃO DO BUSINESS INTELLIGENCE PARA PEQUENAS EMPRESAS

1. DEFINIR NECESSIDADES DE ANÁLISE E USABILIDADE

O primeiro passo em qualquer grande projeto é tomar nota de quais são as demandas atuais. Você não pode dedicar meses de tempo e recursos da empresa à instalação de uma ferramenta que não condiz com o que seus negócios precisam. Por isso, é importante avaliar o escopo do projeto e ver quais pontos são prioridade.

Em uma avaliação inicial, você deve olhar, primeiro, os indicadores que seu sistema BI deve analisar. Em seguida, verifique quais funcionalidades são necessárias para a equipe e qual é o número de pessoas que precisam ter acesso à ferramenta.

2. VEJA AS POSSIBILIDADES DE INTEGRAÇÃO COM AS FERRAMENTAS ATUAIS

Muitos recursos, softwares e ferramentas de gestão podem ser aproveitadas na instalação do Business Intelligence para pequenas empresas. Saber quais deles se encaixam com o sistema novo pode evitar que você invista ainda mais para a aquisição de outras ferramentas sem necessidade.

Lembre-se de que não é só o novo sistema que deve se integrar às ferramentas atuais. Elas também precisam ser integradas entre si. Verifique como você pode fazer a instalação sem comprometer muito da estrutura que você já produziu. Isso irá certamente te poupar ainda mais tempo e recursos.

3. PLANEJAR O TEMPO DE IMPLANTAÇÃO DAS FERRAMENTAS

Já mencionamos que a implantação de uma ferramenta BI pode ser um pouco demorada. Mas, se ela estiver dentro do escopo da sua empresa, não deve exceder certo limite de tempo. Projetos excessivamente demorados acabam consumindo mais recursos do que são capazes de gerar rentabilidade.

Para evitar esse problema, estipule um tempo limite para a implantação. Caso o prazo seja ultrapassado, você deve ou aceitar o resultado que foi obtido ou jogar tudo fora e esperar até se recuperar do investimento perdido. É melhor do que insistir na perda.

4. CONTINUE ATUALIZANDO SEU SISTEMA BI DE ACORDO COM A DEMANDA

Considerando que o sistema está ativo e dentro do prazo, não pense que será o fim absoluto do seu trabalho. Toda demanda se atualiza com o tempo e as suas ferramentas devem acompanhar esse ritmo. Sempre reavalie seu desempenho a colete o feedback da equipe.

Agora você já sabe como e por que buscar o Business Intelligence para pequenas empresas. Quer continuar acompanhando nossas novidades? Então, siga-nos no Facebook e no LinkedIn para receber nossos melhores conteúdos em primeira mão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *