Conheça o NewRelic

Para que suas aplicações funcionem de forma assertiva e com facilidade de acompanhamento, é fundamental contar com várias ferramentas. Dessa forma, torna-se indispensável que você conheça o New Relic: um monitoramento de performance de aplicativos que faz toda a diferença, trazendo várias vantagens.

Entre as principais estão o tempo que se economiza para analisar os relatórios, além de uma interface simples até mesmo para quem não é um programador especialista na área. Quer saber mais sobre esse software? Então conheça o New Relic, suas características e o porquê é uma solução indispensável para o desempenho das suas aplicações.

Sobre o New Relic

Este SaaS – Software as a Service, ou software como serviço –, foi criado em 2008 pelo desenvolver Lew Cirne. O nome do programa, inclusive, é um anagrama em alusão a Lew. O objetivo do criador foi melhorar as informações acerca das páginas de uma aplicação, com dados indispensáveis para o monitoramento e comportamento dos usuários.

Basicamente, trata-se de um dashboard com várias funcionalidades que apontam, por exemplo, quanto tempo demora para carregar essas páginas ou a influência do navegador da pessoa que chegou até a sua aplicação. Mais que isso, ainda permite analisar o que está lento ou até mesmo enxergar os erros dentro desse em contexto.

Ou seja: é uma ferramenta que logo se popularizou porque acabou com uma das principais dores de programadores e desenvolvedores das empresas – a forma manual de encontrar os erros da aplicação. Tudo automatizado, centralizado, intuitivo e que dá um padrão de excelência aos negócios que apostam no New Relic.

Funcionalidades

Mas, na prática, como funciona esse software? Há uma série de funcionalidades que possuem uma finalidade específica. Dentre elas podemos elencar:

– Web transactions, que mostra a velocidade de carregamento, seja do aplicativo ou da página web, com filtro para ambos. Isso permite entender quanto tempo cada aplicação está demorando, possibilitando construir estratégias para eliminar problemas do gênero.

– O Troughput é um índice que mostra o número de requisições por minuto e quanto as aplicações suportam.

– Já o Error rate, como o nome indica, é a taxa de erros que sua aplicação apresenta, discriminando quais delas podem ser resolvidas para dar estabilidade ao acesso dos usuários e das próprias páginas.

– Transactions, que são encontrados já no painel inicial do New Relic, possibilita entender o que ocorre com as transações dentro da aplicação, permitindo a análise de erros – como a taxa de transferência ou o tempo de resposta média.

– E, para complementar, o Apdex score, funcionalidade que mostra o comportamento e a reação do usuário em relação ao seu site, com um score próprio que pode ser personalizado pela empresa.

Uma solução completa

Para que você conheça o New Relic na prática é importante uma última analogia: quanto tempo o seu restaurante favorito demanda para servir seu pedido? Qual o período de resposta do garçom quando você chega? Quantas vezes a refeição vem errada ou sem algum complemento?

Esse software, basicamente, cumpre a mesma função: dar excelência e entregar a melhor aplicação para o seu usuário que irá sentar – e deseja um ótimo ‘atendimento’.

A Flexa Cloud trabalha desde 2012 com o New Relic. Quer saber mais? Acesse: www.flexa.cloud