Por que investir em Monitoramento de Performance de Aplicações?

Monitoramento de Performance de Aplicações - Flexa Cloud

Conforme as próprias aplicações aumentam em complexidade e o Big Data se torna a regra (não a exceção), as organizações estão recorrendo a ferramentas e serviços de Monitoramento de Performance de Aplicações (APMC). Isso porque elas precisam monitorar o desempenho, a disponibilidade e a experiência do usuário de suas soluções de software.

A Gartner  previu que estruturas de APMC monitorariam 20% de todos os aplicativos de negócios até o ano de 2021. E, de acordo com a Intricately, há pelo menos 400 mil empresas em todo o mundo que deveriam implantar essa estratégia. 

Agora, o que é Monitoramento de Performance de Aplicações? Por que a aquisição de soluções e serviços de APMC está em alta? 

Essas perguntas são respondidas ao longo deste artigo. Continue lendo para entender!

O que é Monitoramento de Performance de Aplicações?

Em sua essência, o monitoramento de desempenho de aplicações tem tudo a ver com entender o ‘porquê’ o  mais rápido possível. Quando se trata de monitorar o desempenho dos aplicativos, a velocidade e a proatividade são essenciais. 

Por que seu aplicativo está sendo executado rápido ou lento, ou por que um usuário final está encontrando um problema específico? Uma estratégia de APMC proativa é a resposta. 

Sem uma ferramenta de APMC, muitas organizações se verão em uma posição de serem reativas aos problemas à medida que eles surgem. 

Embora isso pudesse ser gerenciável no início, raramente é escalonável, e o cenário ultracompetitivo para software muitas vezes torna essas soluções reativas impráticáveis. 

Vamos dar uma olhada nos três tipos de ferramentas APMC, de acordo com Stackify:  

  1. Com base em métricas de aplicações — algumas ferramentas usam métricas de servidor e aplicativo e se incluem no APM. Elas comunicam quantas solicitações seu aplicativo está recebendo, quais aplicativos estão lentos, mas não por que estão lentos.
  2. Com base em desempenho em nível de código — essas ferramentas se concentram na criação de perfil de código e rastreamento de transação, portanto, mais ao longo das linhas de seu tipo “típico” de solução de APMC. 
  3. Com base em rede — algumas ferramentas medem o desempenho de um aplicativo com base em seu tráfego de rede.

Para que tipo de empresas serve uma estratégia de Monitoramento de Performance de Aplicações?

Basicamente, dois tipos de organizações devem considerar seriamente a estruturação de uma estratégia de Monitoramento de Performance de Aplicações. Veja quais são nos tópicos que seguem!

1. Empresas que consomem infraestrutura corporativa, como soluções AWS

À medida que mais empresas mudam para serviços de computação sem servidor, um objetivo permanece primordial: o nível de serviço oferecido aos usuários finais de aplicativos deve ser mantido (ou mesmo melhorado) para atender às expectativas cada vez maiores dos clientes.  

Portanto, mesmo que essas companias optem por utilizar opções baseadas em nuvem como AWS, o usuário final não deve encontrar nenhuma mudança no serviço. 

Essas empresas precisam de APMC para garantir que sua pegada na nuvem esteja ajudando a experiência do usuário (e não prejudicando ativamente).

2. Empresas com médio a grande gasto geral com nuvem

Sobre o assunto de soluções em nuvem, qualquer empresa com médio a grande gasto geral em nuvem deve implementar soluções e serviços de APMC para aproveitar todos os dados disponíveis para suas equipes de desenvolvedores. 

Se as soluções em nuvem representam um gasto significativo para a organização, as ferramentas de APMC ajudarão a garantir um conhecimento sólido sobre o desempenho do código, os tempos de transação, as dependências da aplicação e a experiência do usuário final.

→ Embora esses dois perfis de empresa indiquem a necessidade de APMC, na realidade, qualquer empresa que tenha alguma infraestrutura tem APMC implantado de alguma forma. 

Em última análise, tudo se resume ao comportamento da aplicação. Cada empresa possui aplicações únicas e, portanto, comportamentos únicos. 

O trabalho do monitoramento de performance de aplicações é fornecer visibilidade sobre o comportamento das aplicações — uma ferramenta crítica para pequenas, médias e grandes companhias dos mais variados segmentos.

Quer entender com mais profundidade o Monitoramento de Performance de Aplicações? Baixe agora o eBook que preparamos!

eBook Monitoramento de Performance de Aplicação
Clique para download.