Artmark melhora infra de TI com soluções AWS implementadas pela Flexa Cloud

Case Artmark - Flexa Cloud

Soluções AWS garantem 100% de disponibilidade e segurança para a empresa seguir avançando. 

A Artmark é uma empresa especializada no desenvolvimento de negócios digitais. Desenvolve sites, aplicativos, plataformas de e-commerce, entre outros produtos e serviços.

Em crescimento, a companhia precisou melhorar sua infraestrutura de TI para seguir avançando. Inicialmente, implementou serviços da Amazon Web Services por conta própria, mas em seguida percebeu que precisa de um auxílio mais estruturado.

Foi então que a Flexa Cloud, empresa especializada em soluções AWS, entrou em campo para implementar a infra e ajudar a Artmark a ganhar robustez tecnológica, automatizar processos e potencializar resultados.

Essa história, com mais detalhes e, inclusive, com resultados já obtidos, é o que você vai ler a seguir. Acompanhe!

Desafio:

Melhorar a infraestrutura de TI para seguir avançando

O crescimento da Artmark tem sido vertiginoso nos últimos anos, especialmente no que diz respeito à conquista de clientes em busca de canais de vendas online. 

“Nós inclusive já temos clientes de fora do Brasil para os quais desenvolvemos o e-commerce; trabalhamos, portanto, em nível nacional e internacional”, pontua Guilherme Gualtieri, CTO da Artmark.

O executivo conta que nos últimos anos perceberam a necessidade de expandir a infraestrutura de TI. “Por conta própria, fomos adquirindo soluções AWS, mas percebemos a complexidade envolvida e queríamos nos dedicar ao core business, então tivemos a indicação de contatar a Flexa Cloud para nos ajudar nessa missão”. 

Solução:

Flexa Cloud implementa bancos de dados e outras soluções AWS

Ao firmar parceria com a Flexa Cloud, a Artmark passou a contar com um time 100% dedicado a entender suas necessidades e propor as melhores soluções AWS. “A primeira coisa que o pessoal da Flexa nos indicou foi implementar o banco de dados Aurora Serverless”, explica Guilherme.

→ Aurora é o banco de dados relacional compatível com MySQL e PostgreSQL desenvolvido para a nuvem da Amazon, que combina o desempenho e a disponibilidade de bancos de dados comerciais de ponta com a simplicidade e a economia dos bancos de dados de código aberto.

O Aurora Serverless fornece um banco de dados relacional sob demanda, escalonamento automático e alta disponibilidade que cobra apenas quando está em uso.

Tudo o que você precisa fazer é configurar um cluster e, em seguida, toda a manutenção, patching, backups, replicação e escalonamento são feitos automaticamente para você.

Resultados:

Automatização, disponibilidade e total controle

Apesar de o projeto ainda estar em andamento, Guilherme Gualtieri, CTO da Artmark, afirma que já há o que comemorar. 

A segurança trazida pelos serviços da Flexa Cloud faz com que o time da Artmark não tenha preocupações com disponibilidade, estabilidade e confiabilidade da infra de TI.

“Durante a Black Friday, por exemplo, estávamos em plena migração de vários de nossos clientes que precisavam seguir operando. E não registramos nenhuma ocorrência de indisponibilidade ou problemas com fraudes e outras questões de segurança”, comemora Guilherme.

A Artmark também passou a contar com o AWS Graviton, processador que alimenta instâncias A1 do Amazon EC2. Essas instâncias proporcionam economias de custo significativas em relação a outras instâncias de uso geral para aplicativos compatíveis com expansão, como servidores web, microsserviços em contêiner, processamento de dados/log e outras cargas de trabalho que podem ser executadas em núcleos menores e que cabem no espaço de memória disponível.

“A parceria com a Flexa Cloud tem sido muito importante para nós, pois temos todo o suporte técnico; sabemos que podemos contar com o time da Flexa para nos auxiliar nas implementações da AWS”, diz Guilherme. 

Sobre a Flexa Cloud

Há 11 anos no mercado, a Flexa é referência em Cloud (Migração para nuvem). Todo esse êxito é compreensível quando se olha sua trajetória, marcada por parcerias de grande sucesso. A primeira delas, com a New Relic, empresa dos Estados Unidos que atua na área de monitoramento de performance de aplicativos, teve início em 2012.

De lá pra cá, as parcerias expandiram cada vez mais e, com elas, o portfólio de produtos da Flexa. Logo depois da New Relic a AWS Amazon, líder mundial em computação em nuvem, entrou no time de parceiros da empresa. Isso aconteceu em 2013. Um ano depois chegou a vez da Zadara, empresa estadunidense que oferece soluções de armazenamento. Assim como as outras duas parceiras.

Em 2017 outra empresa norte americana firma parceria com a Flexa: a Zerto, que oferece soluções em Disaster Recovery. Em 2018 a israelense Spotinst chega para auxiliar os clientes da Flexa a reduzir custos de gastos nas nuvens. Por fim, em 2019, a Sumo Logic, solução de SIEM, incorporou as fileiras da Flexa, ampliando sua oferta ao mercado.

Com uma equipe técnica de alta qualidade, parceiros reconhecidos nacional e internacionalmente, a Flexa tem como uma das principais marcas de sua história a busca pela excelência nos serviços prestados. → FALE CONOSCO AGORA!