Novembro Azul

A campanha Novembro Azul ocorre em todo o Brasil para conscientizar os homens de que ├ę preciso fazer o diagn├│stico precoce do c├óncer de pr├│stata. Segundo o Instituto Nacional de C├óncer, o Inca, pelo menos 68.220 novos casos s├úo diagnosticados a cada ano, sendo a segunda causa de morte entre os homens, com 14 mil ├│bitos anuais.

Como forma de preven├ž├úo, o diretor de oncologia cl├şnica da Sociedade Brasileira de Oncologia, H├ęzio Fernades, explica que os homens devem ficar atentos a sinais e ao diagn├│stico da doen├ža.

ÔÇťUm em cada sete, oito homens v├úo ter c├óncer de pr├│stata. Quanto mais cedo voc├¬ descobre o c├óncer de pr├│stata, maior a chance de cura e maior a chance de que este homem continue vivo e sem sequelasÔÇŁ, conta.

O c├óncer de pr├│stata ├ę o tumor que afeta a gl├óndula localizada abaixo da bexiga e que envolve a uretra, canal que liga a bexiga ao orif├şcio externo do p├¬nis. Embora seja uma doen├ža comum, por medo ou por desconhecimento, muitos homens preferem n├úo conversar sobre o assunto.

O diretor da Sociedade Brasileira de Oncologia, H├ęzio Fernandes, ressalta que a doen├ža ├ę confirmada depois de se fazer uma bi├│psia, que ├ę indicado ao encontrar alguma altera├ž├úo no exame de sangue, ou por meio do toque retal, prescrito a partir da suspeita de um caso por um m├ędico especialista.

ÔÇťO exame digital da pr├│stata ├ę um exame de custo zero. O custo dele ├ę uma luva e algumas gramas de xiloca├şna lubrificante, mais nada! ├ë um exame absolutamente sem custo. Ent├úo, ├ę um exame que n├úo deveria, em hip├│tese alguma, sofrer com a falta de recursos do Sistema ├Ünico de Sa├║de (SUS)ÔÇŁ, afirma.

Na maioria dos casos, o c├óncer de pr├│stata cresce de forma lenta e n├úo chega a dar sinais durante a vida e nem a amea├žar a sa├║de do homem. J├í em outros casos, ele pode crescer rapidamente, se espalhar para outros ├│rg├úos e at├ę causar a morte.

Quando localizado apenas na pr├│stata, o c├óncer pode ser tratado com cirurgia oncol├│gica, radioterapia e at├ę mesmo observa├ž├úo vigilante, em alguns casos especiais. No caso de met├ístase, ou seja, se o c├óncer da pr├│stata tiver se espalhado para outros ├│rg├úos, a radioterapia ├ę utilizada junto com tratamento hormonal, al├ęm de tratamentos paliativos.

Fonte : Instituto Nacional de Câncer (Inca)

Compartilhar