DDMX potencializa infraestrutura de TI na AWS com ajuda da Flexa Cloud

Escalando com AWS Fargate Spot

A DDMX é uma empresa especializada em soluções logísticas que utiliza a tecnologia para fornecer serviços de acordo com as necessidades específicas de cada cliente, a partir da análise e interpretação de dados.

Situada em Itajubá, sul de Minas Gerais, a companhia tem atuação nacional e internacional, atendendo a clientes no Chile e na Argentina.

As operações da DDMX começaram em 2009 e, desde então, experimentaram um crescimento vertiginoso, o que aumentou a necessidade de investir mais na infraestrutura de TI. Foi aí que a Flexa Cloud passou a fazer parte da história da companhia.

Sobre isso vamos conversar neste artigo.
Continue lendo para entender como a Flexa Cloud contribuiu para levar a infra de TI da DDMX para a Amazon Web Services (AWS)!

Desafio

Necessidade de melhorar a infra de TI para alçar voos maiores.

Fábio Preti, diretor de TI da DDMX conta que a companhia começou ofertando ao mercado serviços de monitoramento de veículos e equipamentos. Logo, percebeu-se que os clientes precisavam de serviços ainda mais especializados. “O mercado buscava ferramentas que dessem suporte à decisão, então começamos a implementar soluções de telemetria e a apresentar estruturas de visualização de dados mais avançadas”.

Foi então que nasceu o Fleet Expert, uma plataforma de auditoria e otimização de frotas, hoje a ferramenta mais avançada da DDMX. “O foco desse sistema é otimizar a operação do cliente em campo, reduzindo custos e aumentando os ganhos operacionais”, conta o executivo.

Com sua base na Tecnologia da Informação, o crescimento da DDMX passou a demandar mais capacidade de infraestrutura. A conquista de clientes como a companhia distribuidora de energia elétrica ENEL tornou essa necessidade ainda mais flagrante.

Solução

Flexa Cloud ajuda a migrar a infra para a AWS.

Um grande passo dado pela DDMX foi a migração para a Amazon Web Service (AWS). Para isso, a Flexa Cloud foi a parceira ideal, conforme conta Fábio Preti. 

“O primeiro papel da Flexa foi a nacionalização do billing. Em seguida, para atender clientes do porte da ENEL, precisávamos configurar a infra na AWS seguindo padrões internacionais rígidos; mais uma vez a Flexa nos ajudou desde o planejamento até a execução do projeto”, afirma o executivo.

Para Preti, a maneira colaborativa como o trabalho é realizado com a Flexa fez toda a diferença nos passos maiores que a DDMX passou a dar. “Conseguimos chegar ao modelo que a ENEL exigia com ajuda da Flexa. Toda a configuração, o suporte, o setup inicial, além do gerenciamento da infra na AWS nos são entregues pela Flexa”.

Segundo Deivid Bitti, CTO na Flexa, foram utilizadas as técnicas mais modernas disponíveis na AWS, como a solução Fargate que é um mecanismo de computação sem servidor para contêineres utilizado com o Amazon Elastic Container Service (ECS), apropriado para aplicativos de missão crítica. 

A Flexa ainda implementou instâncias spot dentro desse cenário, o que proporcionou reduções expressivas de custo.

Resultados

Flexa Cloud ampara o avanço da DDMX gerenciando a infra de TI na AWS.

“Após o sucesso do projeto da ENEL, nós pensamos: por que não trazer a Flexa para dentro da infra da própria DDMX? Fizemos isso, com foco total na implementação dos melhores padrões de infraestrutura de TI no mercado”, conta Preti.

O executivo diz que é com bastante entusiasmo que a DDMX olha para sua jornada e se orgulha de ter uma infraestrutura de TI de primeira grandeza. “O papel da Flexa foi fundamental para isso. Como diretor de TI, super indico a Flexa para as empresas que estão iniciando e querem entrar no mercado com os melhores padrões de infraestrutura da AWS, mas também para aquelas que querem uma migração de sucesso”.

→ Confira, a seguir, o depoimento completo de Fábio Preti, diretor de TI da DDMX: 

Sua empresa já está preparada para aproveitar as vantagens da infra de TI na AWS? Se você quer obter resultados tão significativos quanto esses da DDMX, fale conosco agora mesmo!