SIEM: entenda a importância do gerenciamento de informações e eventos de segurança

SIEM: entenda a importância do gerenciamento de informações e eventos de segurança

Quando falamos em SIEM (Security Information and Event Management) estamos nos referindo a uma abordagem que vem ganhando força à medida que as empresas se tornam mais tecnológicas; consequentemente, estão mais sujeitas a riscos relacionados à segurança de seus dados.

Neste artigo, além de entender o conceito de SIEM, você vai ver por que é importante investir nesta estratégia no seu negócio.

Confira!

O que é SIEM

Acrônimo de Security Information and Event Management, SIEM é é uma abordagem ao gerenciamento de segurança que combina as funções  SIM (security information management/gerenciamento de informações de segurança) e SEM (security event management/gerenciamento de eventos de segurança) em um sistema de gerenciamento de segurança. 

Os princípios subjacentes a todo sistema SIEM é agregar dados relevantes de várias fontes, identificar desvios da norma e tomar as medidas apropriadas. 

Por exemplo, quando um problema em potencial é detectado, um sistema SIEM pode registrar informações adicionais, gerar um alerta e instruir outros controles de segurança para interromper o progresso de uma atividade.

No nível mais básico, um sistema SIEM pode ser baseado em regras ou empregar um mecanismo de correlação estatística  para estabelecer relacionamentos entre as entradas do log de eventos. Os sistemas avançados SIEM evoluíram para incluir análise de comportamento de usuários e entidades e orquestração, automação e resposta de segurança.

→ A integração do SIEM à sua arquitetura da AWS fornece controles mais rígidos e medidas de segurança mais profundamente integradas.

Como funciona uma solução SIEM

Os sistemas SIEM funcionam implantando vários agentes de coleta de maneira hierárquica para reunir eventos relacionados à segurança de dispositivos do usuário final, servidores e equipamentos de rede, bem como equipamentos de segurança especializados, como firewalls , antivírus ou   sistemas de prevenção de intrusões. 

Os coletores encaminham eventos para um console de gerenciamento centralizado, onde analistas de segurança analisam o ruído, conectando os pontos e priorizando incidentes de segurança.

Em alguns sistemas, o pré-processamento pode ocorrer em coletores de borda, com apenas certos eventos sendo transmitidos para um nó de gerenciamento centralizado. Dessa maneira, o volume de informações sendo comunicadas e armazenadas pode ser reduzido. Embora os avanços no aprendizado de máquina estejam ajudando os sistemas a sinalizar anomalias com mais precisão, os analistas ainda precisam fornecer feedback, educando continuamente o sistema sobre o meio ambiente.

Por que ter uma solução SIEM na sua empresa

O SIEM é importante porque facilita para as empresas gerenciar a segurança, filtrando grandes quantidades de dados de segurança e priorizando os alertas de segurança gerados pelo software.

O software SIEM permite que as organizações detectem incidentes que, de outra forma, não seriam detectados. O software analisa as entradas do log para identificar sinais de atividade maliciosa. 

Além disso, como o sistema reúne eventos de diferentes fontes na rede, ele pode recriar a linha do tempo de um ataque, permitindo que uma empresa determine a natureza do ataque e seu impacto nos negócios.

Um sistema SIEM também pode ajudar uma organização a atender aos requisitos de conformidade, gerando automaticamente relatórios que incluem todos os eventos de segurança registrados entre essas fontes. Sem o software SIEM, a empresa teria que coletar dados de log e compilar os relatórios manualmente.

Por fim, um sistema SIEM também aprimora o gerenciamento de incidentes, permitindo que a equipe de segurança da empresa descubra a rota que um ataque percorre na rede, identifique as fontes que foram comprometidas e forneça as ferramentas automatizadas para impedir os ataques em andamento.

Como escolher uma solução SIEM

Aqui estão alguns dos recursos mais importantes a serem analisados ​​ao avaliar os produtos SIEM:

  • Integração com outros controles. O sistema pode fornecer comandos para outros controles de segurança da empresa para impedir ou interromper ataques em andamento?
  • Inteligência artificial (IA). O sistema pode melhorar sua própria precisão por meio de aprendizado de máquina e aprendizado profundo ?
  • A inteligência de ameaças é alimentada. O sistema pode suportar  feeds de inteligência de ameaças da escolha da organização ou é obrigatório usar um feed específico?
  • Relatórios abrangentes de conformidade. O sistema inclui relatórios internos para necessidades comuns de conformidade e fornece à organização a capacidade de personalizar ou criar novos relatórios de conformidade?
  • Capacidades forenses. O sistema pode capturar informações adicionais sobre eventos de segurança gravando os cabeçalhos e o conteúdo dos pacotes de interesse?

Que tal, nós conseguimos lhe mostrar o que é o SIEM e como essa abordagem pode tornar sua empresa ainda mais segura e eficiente? Deixe seu comentário!

Caso queira conhecer mais sobre essa solução e/ou outros serviços, agende uma avaliação gratuita conosco ou entre em contato por aqui.