pt Portuguese

Escalabilidade, o grande diferencial do Redshift — entenda!

No mundo moderno de hoje, Big Data e Data Analytics são algumas das tecnologias sob demanda mais populares em uso por várias empresas. Elas pareciam inovações no passado, mas hoje estão entre as ferramentas mais necessárias para atender a milhões de clientes. 

Dentro disso, um dos data warehouses mais famosos e notáveis ​​é o Amazon Redshift que, em síntese, é uma solução de armazenamento de big data baseada em nuvem oferecida pela Amazon Web Services (AWS). Ele permite às empresas armazenar petabytes de dados em “clusters” de fácil acesso que podem ser consultados em paralelo.

Neste artigo, você vai entender por que o Amazon Redshift é excelente para empresas que buscam escalabilidade tecnológica com custos sob controle. Acompanhe!

Sobre o Amazon Redshift

O Amazon Redshift é um data warehouse de grande escala totalmente gerenciado oferecido como um serviço de nuvem pela Amazon. 

Totalmente gerenciado neste contexto significa que o usuário final é poupado de todas as atividades relacionadas à hospedagem, manutenção e garantia da confiabilidade de um data warehouse sempre em execução. 

O Amazon Redshift oferece uma camada de consulta compatível com Postgres e é compatível com a maioria das ferramentas baseadas em SQL e aplicativos de inteligência de dados comumente usados. 

Além do serviço de data warehouse, a AWS também oferece outro serviço chamado Redshift Spectrum, que é para executar consultas SQL em dados do S3 — este serviço não é tratado aqui, pois é um conceito fundamentalmente diferente. 

Ao contemplar o uso de um serviço gerenciado de terceiros como o data warehouse de backbone, o primeiro ponto de discórdia para um arquiteto de dados seria a base sobre a qual o serviço é construído, especialmente porque a base tem um impacto crítico sobre como o serviço será comportar-se em várias circunstâncias. 

Em suma, o Amazon Redshift foi projetado para big data e pode ser dimensionado facilmente graças ao seu design de nó modular. Com sua estrutura multicamadas, ele permite que várias consultas sejam processadas simultaneamente, reduzindo os tempos de espera.

Sobre a escalabilidade do Amazon Redshift

Um dos fatores mais críticos que torna valioso um serviço de data warehouse totalmente gerenciado é sua capacidade de escalar. Neste sentido, o Amazon Redshift pode ser dimensionado rapidamente e os clientes podem escolher a extensão da capacidade de acordo com seus horários de pico de carga de trabalho.

Ele suporta dois tipos de operações de dimensionamento: 

  1. Redimensionamento clássico: o primeiro é o redimensionamento clássico, que permite que os clientes adicionem nós em questão de algumas horas. O redimensionamento clássico está disponível para todos os tipos de nós. 
  2. Redimensionamento elástico: o redimensionamento elástico possibilita operações de dimensionamento ainda mais rápidas, mas está disponível apenas no caso de nós, exceto o tipo de nós DC1. Dito isso, há uma pequena janela de tempo durante a operação de redimensionamento elástico em que o banco de dados estará indisponível para consulta. 

O Redshift também permite que você gire um cluster restaurando rapidamente os dados de um snapshot. Isso é muito útil quando os clientes precisam adicionar recursos de computação para dar suporte à alta simultaneidade.

→ Leia também: Implementação do Amazon Redshift na Autoglass!

Que tal, conseguimos te mostrar o que é e como funciona o Redshift? Fale conosco agora mesmo para mais detalhes, e veja como podemos te ajudar a implementar essa solução na sua empresa!

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Metus sed volutpat amet duis sagittis mino mauris donec montes cras volutpat Scelerisque integer ac purus.